Question Everything .is/listening
Written by Sandra Estevam / 26.07.2007

As marcas que “marcam”

Não acontece com todas. Apenas algumas conseguem esse feito, de nos “marcar”. Criamos laços afectivos com elas e sem darmos conta fazem parte da nossa vida. Reencontrá-las passados muito anos é como rever familiares distantes ou amigos de infância. É uma alegria!

Passear os olhos pelas prateleiras de “A Vida Portuguesa” é um saudoso regresso ao passado, mais ou menos recente de Portugal.

É lembrar a infância e o material escolar que orgulhosamente recebíamos no início do ano com o conselho de o pouparmos “que não nos compravam outro”. É recordar as avós e as tias com os seus detergentes, cremes e sabonetes de cheiros familiares e reconfortantes.

Pergunto-me se as marcas actuais, com todas as suas versões, actualizações e inovações, estarão a conseguir criar estes laços com as novas gerações…

caixa.jpg

Tópicos deste artigo