Question Everything .is/listening
Written by Jorge Oliveira / 12.05.2007

OFFF2007 – Dia/Day 2

Resumo das conferências so far: networking networking networking. Ou em palavras de Camões: parcerias, colaboração, conjugação de esforços. Muitos dos projectos apresentados tiveram a colaboração de várias agências ou free-lancers. Os nomes repetem-se quase de projecto para projecto: Joshua Davis, Hillman Curtis, Goodby Silversteen, Unit9, …

Durante a tarde saltámos de tema em tema, vagueando por caminhos bem distintos. Alguns temas não tiveram o melhor dos oradores, como aconteceu com Josh Nimoy (a desilusão da tarde), mas outros levaram a sala ao rubro. Os Graffiti Research Lab e a mesa final entre Nevil Brody e Joshua Davis foram os momentos altos.

Josh Nimoy trazia no saco a sua experiência em programação e desenvolvimento de motion graphics em volta da tipografia. Processos bem interessantes e que na maior parte dos casos podem ser vistos no seu site (e creio que a maior parte da audiência já o tinha feito). Aquilo que vem quebrar um pouco as regras foi ver como essa experiência e essa programação foi passada para dentro de produção de vídeo, naquilo que agora se chamam os Motion Graphics. Os exemplos mais conhecidos desta integração e da sua colaboração com a Motion Theory são os anúncios da HP, onde as mãos do personagem fazem acontecer “coisas”. Aquilo que se vê já não é só animação de vídeo. É muito mais interessante do que isso.

Follow me!