Question Everything .is/listening
Written by Jorge Oliveira / 31.05.2011

So You Think You Can Pitch

Na sexta-feira passada tive o prazer de participar no So You Think You Can Pitch. Um projeto espetacular que quer juntar empresas e pessoas que procuram trabalho.

E que tal foi a experiência?

Foi espectacular

Em primeiro lugar pela equipa organizadora e pelo espírito que se vive no evento. Eles são máquinas a puxar por toda a gente e a manterem a moral elevada no meio de tanto nervoso miudinho. E são tão espectaculares que têm cargos lindos: Professional Problem Solver, Idea Starter, e etc.

Em segundo lugar porque como parceiros no júri tinha uns jovens empreendedores cheios de garra e de força, de espírito crítico, dispostos a dar o seu tempo para levarem os candidatos a perceberem melhor o seu potencial e a encaminhá-los para as vias certas.

Em terceiro lugar porque isto é o género de coisas que nos faz ter esperança e acreditar que nem tudo é mau e que ainda há muita gente cheia de potencial e valor. Alguns estão mal orientados ou desfocados, mas isso resolve-se sem grandes problemas. Porque quem se entrega assim a um júri e quer mostrar o seu valor em dois minutos já está a dar os primeiros passos necessários para mudar de vida.

Foi uma tarde com altos e baixos mas acreditem que valeu bem a pena e que nos divertimos bastante com alguns candidatos.

Próximos passos

Alguns destes candidatos vão ter a oportunidade de participarem na final, no dia 17 de Junho, no Porto, onde se podem apresentar a várias empresas que procuram talentos em várias áreas: Design, Tecnologia, Marketing, Gestão e Comerciais. No dia em que lá estive fiquei a saber que um dos candidatos foi de facto tão interessante que foi logo “raptado” para uma empresa presente no júri.

É uma oportunidade excelente para as duas partes, porque não só muitos têm dificuldades em se fazerem ouvir como os outros têm dificuldades em se encontrarem com as pessoas certas.

Stop Sending CV’s

Durante alguns dos pitchs pensei que os conselhos que demos na nossa apresentação Stop Sending CV’s faziam cada vez mais sentido. Muito para além da forma. A maior parte dos concorrentes têm sérias dificuldades em perceberem o valor dos trabalhos que têm em mãos e em dar-lhes o devido valor.

É urgente introduzir numa qualquer cadeira das universidades noções básicas de apresentação, de storytelling, de explorar os activos e lhes dar valor. Essa é a grande dificuldade, porque valor, existe, não se vende é bem.

A última surpresa do dia foi quando percebi que alguém destacou a apresentação no Facebook do evento e desde sexta-feira que ela tem estado em destaque nas Featured Presentations do SlideShare. Nice! 🙂

Agora é a vez das empresas

Agora que já se ouviram os novos valores falta promover a presença das empresas na final. As inscrições estão abertas e pela minha breve experiência acredito que não se vão arrepender.

Pitch on News: SIC; RTP; Porto Canal; RTP; SIC; Marketeer; Expresso; Jornal i

Follow me!