Pixel ID
Question Everything .is/listening
Written by Jorge Oliveira / 20.05.2012

UXLx 2012, o ano da tranquilidade

Acabou de acabar a terceira edição da UXLx que mais uma vez não desiludiu. E se algum elogio pode ser feito à organização foi a quantidade de pessoas que me perguntavam: “Mas isto veio de que país? E a seguir vai para onde? Hum? A organização é portuguesa?” E por aqui fora.

Acho que todos os anos há um tema que emerge. Este foi o ano das personas, do storytelling e do mobile. E cada vez mais acredito que isto é de presença e participação obrigatória a todos os que precisam de se relacionar com o universo digital: marketeers, comunicadores, rp’s, jornalistas, criadores de conteúdos, … a lista é muito grande.

ideias, ideias, ideias

Diria que os dias mais interessantes da conferência são os 2 primeiros, de workshops intensivos, colaborativos, onde somos obrigados a sair rapidamente da zona de conforto e a confrontar as nossas ideias ou abordagens com parceiros de outras culturas e pensamentos.

Num desses workshops acabei a fazer parceria com um israelita e acreditem que a coisa foi bastante interessante. Senti que cheguei ao fim de cada um desses dias com um monte de ideias na cabeça, algumas para aplicar a projectos em curso, outras para projectos novos, outras para eventualmente lançar novas abordagens ou mesmo novos negócios. Isto tudo para além do conhecimento acumulado.

referências

O último dia é sempre dedicado às palestras mas não foi menos interessante. Uns oradores melhores que outros. Acabei a juntar mais umas quantas referências à lista de gente a seguir e a concluir que a idade traz muito despenteado que se digna a vir cá abaixo mandar umas “bofetadas”. Falo de Bill Buxton, a personagem que encerrou o evento com uma belíssima tareia psicológica e nos tirou o tapete de debaixo dos pés. Passem pelo site e descubram-no

A Personal Mantra: Ultimately, we are deluding ourselves if we think that the products that we design are the “things” that we sell, rather than the individual, social and cultural experience that they engender, and the value and impact that they have. Design that ignores this is not worthy of the name.

#uxlx

Para quem ficou curioso com este evento, aconselho que entrem no twitter e pesquisem por #uxlx. Vão encontrar depoimentos, apresentações, quotes e muito mais pistas para se arrependerem de não terem ido.

start saving

Para os mais novos, que estão agora a a terminar as suas primeiras formações e querem entrar nesta área de trabalho, aconselho vivamente a que comecem a poupar para o bilhete do próximo ano: biscates, trabalhos de verão, convençam alguém a pagar-vos o bilhete em troca de algo, … inventem, mas não deixem de ir.

——-

fotografia gentilmente gamada ao Retorta 😉

Follow me!

Tópicos deste artigo