Pixel ID
Written by active / 06.03.2019

Onde Quando e Como eu Quiser – Entrevista ao Jorge

O João Pico desafiou o Jorge para uma conversa no Onde, Quando e Como eu Quiser. Próxima e informal, fluiu entre o seu percurso, o digital, os novos media ou as questões de proteção de dados.

O panorama mediático actual é hoje mais complexo e multifacetado que nunca. Existe todo um oceano de possibilidades por explorar e a quantidade é de tal modo massiva, que o público está ainda a tentar absorver toda a informação.

Cabe aos media tradicionais (Rádio, Televisão, Imprensa) adaptarem-se às tendências e plataformas em voga, sem que por isso tenham de descurar o seu core business, adoptando assim uma verdadeira perspectiva transmedia.

Os stakeholders devem definir a sua estratégia com base na qualidade do conteúdo e não apenas no seu alcance. Se assim for, o público irá aderir e subscrever o serviço.

 

 

Contudo, o próprio meio empresarial, no seu todo, ainda não encontrou um caminho adequado se tornar verdadeiramente digital. O domínio desta linguagem é ainda escasso e a desconfiança evidente. As ferramentas estão lá mas raramente são exploradas no total das suas capacidades.

Mais do que culpar uma iliteracia digital algo inevitável, é preciso que haja abertura e disponibilidade da parte do tecido empresarial para aprender, para inovar e compreender o digital no seu todo, e não em compartimentos fechados e estanques entre si.

 

 

Noutro plano, o próprio sistema político deverá também incorporar uma estratégia digital consistente, que o ajude a renovar-se e sobretudo a aproximar-se das gerações mais jovens, numa tentativa de combater o evidente alheamento em que estas vivem.

Contrariando visões apocalípticas do futuro, há que utilizar os dados de forma cuidada e pertinente. O cliente pode e deve usufruir dos benefícios das ferramentas/ aplicações digitais, mas sem que isso possa jamais vir a representar um risco futuro. Afinal, é de um progresso tecnológico útil e sustentado que se trata e não de uma utilização das ferramentas puramente per se.