Transmedia Storytelling
conteúdos, plataformas e audiência

Ideia de Transmedia


Num ecrã na nossa mão ou à nossa frente o que estamos a consumir é sempre conteúdo – seja na forma escrita ou visual, como em fotografia, vídeo, animação ou em informação gráfica, entre outros. É o conteúdo que dá relevância e torna os meios mais atrativos, e é com ele que as novas estratégias de comunicação se criam. É assim que definimos a ideia de transmedia.

Se quiserem mais informações enviem-nos um email ou vejam algumas das talks disponíveis sobre o assunto.

Abordagem Transmedia


Os conteúdos são pensados tendo em conta uma audiência num determinado contexto, não só para serem uma experiência, mas envolvendo-a e levando-a a participar da mesma, enriquecendo a informação e o impacto do conteúdo nas massas.

Dentro destes conceitos temos desenvolvido muitos conteúdos para dinâmicas de jogo, usadas em comunicação interna, na formação de colaboradores, na sensibilização de públicos e nas mudanças de comportamento e atitude, sabendo que o conteúdo pode viver em qualquer meio e sem descurar nenhum meio disponível, seja analógico ou digital.

O que é que faz com que um conteúdo seja partilhado nas redes sociais? A sua relevância e qualidade.

O que é que é indexado nos motores de pesquisa? Conteúdo.

galeria1 transmedia activemedia

Pesquisa, conceito e escrita


Por detrás de cada conteúdo há um processo criativo que passa pela pesquisa e compreensão das matérias. Só então surge o conceito, a sinopse e o guião de conteúdos.

 

Adaptação e recriação de conteúdos


Grande parte do conteúdo dado como “morto” num meio pode voltar a viver noutro. Esta “nova vida”significa, na maior parte das vezes, uma segunda forma de comunicação com o nosso público e novos pontos de atração para o nosso canal ou para o nosso site.

Um folheto ou um anúncio de imprensa podem ser transformados numa animação?

O vídeo institucional pode ser revisto e reeditado para comportar novas imagens e depoimentos?

Podem, claro.

Bio-Conteúdo: uma possibilidade ou uma abordagem?


Por um lado, a ideia de bio-conteúdo é uma abordagem: já utilizado pelas estratégias de conteúdos, como se fosse já uma possibilidade, mesmo sabendo que tem sido feito ainda sem o factor “bio”.

Mas por outro lado, achamos que é mesmo uma possibilidade não muito distante. Mas o que é bio-conteúdo afinal? São ideias que gostamos de partilhar.

E se estiver disponível para um café, é só dizer.

Procura um Design Studio?

Estamos à espera do seu desafio

Ligue ou escreva-nos

T +351 21 313 86 25

E [email protected]

Encontre-nos

Rua Filipe Folque, 2-1º E

1050-113 Lisboa

Portugal