Pixel ID
Question Everything .is/listening

Arte Sonora, revista online

A história dum re-design

A Arte Sonora pediu-nos para redesenhar o site. Limpámos o pó, arrumámos a casa e trouxemos algumas coisas novas.

Arte Sonora

Arte Sonora, a nova vida em 2018

arte sonora homepage

Home page

Arte Sonora, a nova grelha

A equipa da Arte Sonora desafiou-nos a repensar o site. A condição: reorganizar tudo sem alterar fundamentalmente a estrutura e a lógica da experiência. Repensar a entrada de cada página foi o caminho usado para que todo o resto do site se organizasse. Foi criado um novo módulo para a entrada das páginas de Breves, Destaques e Hot Gear. Mudámos o layout das páginas da Agenda e Reviews.

Destaques Imperdíveis

Os concertos imperdíveis deram origem a um destaque novo cheio de pinta - que roda! - calma. Uma barra dedicada a promover, a partir da entrada no site, os melhores concertos seleccionados pela equipa da AS.

Single Page

Mais espaço, mais imagem, mais contexto

O novo design tentou assegurar que o site se mantinha, limpo, claro e simples. Fazendo valer uma das mais valias do conteúdo da AS – as imagens. Em relação ao site antigo, o cabeçalho tornou-se distinto do corpo de texto, cada um dos elementos ocupando o seu espaço próprio.

Além da reformulação dos Artigos Relacionados no final de cada Single page, introduzimos um novo tipo de relacionado contextual que é sugerido no corpo de texto. A sugestão de conteúdo relacionado acontece enquanto o utilizador lê o artigo, tornando a experiência mais orgânica e potenciando a navegação no site.

arte sonora item-related

WordPress é bom para revistas

Item de Cabeçalho

Uma das enormes vantagens do WordPress como gestor de conteúdos, é a facilidade com que se pode mudar o layout do site sem que isso tenha grandes implicações do lado do conteúdo. Houve naturalmente que readaptar imagens de artigos antigos, rever alguns estilos e etc, mas no geral, assim que nasceu o novo site, o conteúdo já lá estava.

O que quer dizer que se o seu site está feito em WordPress, nós conseguimos mudar todo o design e adaptá-lo a novas linguagens e experiências, sem que o conteúdo ou os links do conteúdo se percam no processo. Conversamos?